25 abril 2015

Instagram da Semana: Óculos novo, cabelo "verde" e Dubsmash

Quando estava editando o cronograma da programação do blog, lembrei desta categoria meio perdida entre as outras e decidi dar-lhe uma atualizada. Na verdade, ainda não sei se vou levar este tipo de post pra frente, pois eu mal posto fotos no meu Instagram e quando posto a maioria é selfie (o que pode enjoar). Mas para hoje eu reuni minhas 6 últimas fotos (mesmo que algumas não tenham sido exatamente dessa semana) só pra fazer um teste e ver se é uma categoria agradável. Se não depois eu vejo o que faço.
Bora comentar?

 Da esquerda pra direita, na horizontal:

1. Primeiramente, sim, eu adoro esse tipo de foto virada. Vejo um charminho a mais, sabe? Hahah, mas nessa foto o maior diferencial (nem tão grande assim) foi meu novo óculos de grau, que tinha acabado de buscar na ótica. Ele é bem parecido com meu antigo, na verdade é o mesmo modelo porém menor, e ficou mais adequado ao meu rosto (no meu ponto de vista). Se quiserem eu faço um post comparando um do outro para vocês entenderem melhor.

2. Depois que postei essa foto, fiquei me perguntando porque diabos meu cabelo pareceu verde. Dá pra ver muito? UAHSUAHSUAHS mas ainda assim gostei dela, junto com minha sobrinha/prima usando batom vermelho (o que é um MILAGRE) e nós arrumadas pra ir à uma festa junto com meus pais naquela noite.  

3. Nessa foto beeem antiguinha (tenho essa mania de repostar mesmo depois de um tempão) vocês podem perceber a diferença no meu óculos, já que esse era meu antigo. E eu só postei ela porque gostei de como meu cabelo ficou (hihihi) e desse efeito que coloquei que vocês já devem conhecer, estilo "espelhado". Existem diversos apps que espelham a foto assim, alguns até em diferentes ângulos, mas eu só coloquei a mesma duas vezes numa montagem, mudei a direção de uma delas e tirei as margens. Simples e ainda "economizei" espaço no celular! #FicaaDica :)

4. Sabe aqueles dias que você está na escola ou outro lugar com seus amigos e vocês inventam de tirar uma foto, e quando percebe já foram várias? Minha turma é muito de fazer isso! Hahahah, essa foto é uma das que ficaram "mais normais" pra mim e que gostei pra postar no Insta. 

5. Sim, meu povo, eu também fiz um Dubsmash assim como todo o resto do mundo. Me julguem. UASHUAHSA Gente, como esse app consegue ser tosco e divertido ao mesmo tempo? Depois de assistir outras pessoas dublando vídeos virais da internet por aí, acabei de jogando pra fazer o mesmo com minha prima. E não é por nada não, mas ficou bem legal! Heheheh :P  Ô criatividade!

6. Por fim, temos apenas uma selfie minha que tirei antes de ir à um show com alguns amigos (que por sinal, foi muito top! xD) e que postei com uma frase dessas que vocês vêem por aí, do tipo "automotivadoras". Aaaah me julguem novamente, mas eu gosto de legendas assim, hahahah! 

E aí minha gente, o que vocês tem a dizer sobre esse tipo de post? Apesar da minha vida não ser tãaao interessante assim, o Insta da Semana agrada? Pode deixar sua opinião! 
Ah, e claro, me sigam lá na rede social: é @Beaalcantarap  :)

Beijos, até breve! =D

23 abril 2015

Onde estão as pessoas interessantes?


 Não sei mais o que fazer das minhas noites durante a semana. Em relação aos finais de semana já desisti faz tempo: noites povoadas por pessoas com metade da minha idade e do meu bom senso. Nada contra adolescentes, muitos deles até são mais interessantes e vividos do que eu, mas to falando dos “fabricação em série”. Tô fora de dançar os hits das rádios e ter meu braço ou cabelo puxado por um garoto que fala tipo assim, gata, iradíssimo, tia.

 Tinha me decidido a banir a palavra “balada” da minha vida e só sair de casa para jantar, ir ao cinema ou talvez um ou outro barzinho cult desses que tem aberto aos montes em bequinhos charmosos. Mas a verdade é que por mais que eu ame minhas amigas, a boa música e um bom filme, meus hormônios começaram a sentir falta de uma boa barba pra se esfregar.
Já tentei paquerar em cafés e livrarias, não deu muito certo, as pessoas olham sempre pra mim com aquela cara de “tô no meu mundo, fique no seu”. Tentei aquelas festinhas que amigos fazem e que sempre te animam a pensar “se são meus amigos, logo, devem ter amigos interessantes”. Infelizmente essas festinhas são cheias de casais e um ou outro esquisito desesperado pra achar alguém só porque os amigos estão todos acompanhados. To fora de gente desesperada, ainda que eu seja quase uma.

 Baladas playbas com garotas prontas para um casamento e rapazes que exibem a chave do Audi to mais do que fora, baladas playbas com garotas praianas hippye-chique que falam com voz entre o fresco e o nasalado (elas misturam o desejo de serem meigas com o desejo de serem manos com o desejo de serem patos) e rapazes garoto propaganda Adidas com cabelinho playmobil também to fora. 
O que sobra então? Barzinhos de MPB? Nem pensar. Até gosto da música, mas rapazes que fogem do trânsito para bares abarrotados, bebem discutindo a melhor bunda da firma e depois choram “tristeza não tem fim, felicidade sim” no ombro do amigo, têm grandes chances de ser aquele tipo que se acha super descolado só porque tirou a gravata e que fala tudo metade em inglês ao estilo “quero te levar pra casa, how does it sounds?” Foi então que descobri os muquifos eletrônicos alternativos, para dançar são uma maravilha, mas ainda que eu não seja preconceituosa com esse tipo, não estou a fim de beijar bissexuais sebosos, drogados e com brinco pelo corpo todo. To procurando o pai dos meus filhos, não uma transa bizarra.

 Minha mais recente descoberta foram as baladinhas também alternativas de rock. Gente mais velha, mais bacana, roupas bacanas, jeito de falar bacana, estilo bacana, papo bacana… gente tão bacana que se basta e não acha ninguém bacana. Na praia quem é interessante além de se isolar acorda cedo, aí fica aquela sensação (verdadeira) de que só os idiotas vão à praia e às baladinhas praianas. Orkut, MSN, chats… me pergunto onde foi parar a única coisa que realmente importa e é de verdade nessa vida: a tal da química. Mas então onde Meu Deus? Onde vou encontrar gente interessante? O tempo está passando, meus ex já estão quase todos casados, minhas amigas já estão quase todas pensando no nome do bebê,… e eu? Até quando vou continuar 
achando todo mundo idiota demais pra mim e me sentindo a mais idiota de todos?

 Foi então que eu descobri. Ele está exatamente no mesmo lugar que eu agora, pensando as mesmas coisas, com preguiça de ir nos mesmos lugares furados e ver gente boba, com a mesma dúvida entre arriscar mais uma vez e voltar pra casa vazio ou continuar embaixo do edredom lendo mais algumas páginas do seu mundo perfeito.
A verdade é que as pessoas de verdade estão em casa. Não é triste pensar que quanto mais interessante uma pessoa é, menor a chance de você vê-la andando por aí?

Tati Bernardi

22 abril 2015

Para jogar: 94%

Se você é "da época" dos jogos de adivinhação e ainda curte este tipo de game, provavelmente vai gostar da escolha do 'Para jogar' de hoje. Descobri ele esses dias e MEU DEUS fiquei muito viciada, apesar de me fazer doer a cabeça pensando em respostas (que na maioria das vezes enganam, sim). 
  O 94% é um jogo onde, dado um tema, você deve escrever o que lhe vier à cabeça sobre aquilo, que englobe aquilo. Caso você acerte, aquela palavra terá uma porcentagem que vai entrar na contagem para você concluir o tema. Quando você acertar todas as palavras que lembrem aquilo (dando o total de, então, 94%), você ganha uma estrela e pode ir para o próximo. Em cada fase tem 3 temas, sendo 1 delas uma imagem que onde você descreve o que tem nela/o que ela representa.
Este jogo é legal para treinar seu raciocínio e percepção, mesmo que te faça quebrar a cabeça de vez em quando. E o melhor: é de graça e está disponível para iOS e Android meu povo, então bora baixar pra fazer a mente funcionar!!
E vocês, já conheciam o 94%? O que acham do app? :)

Beijos, até breve! =D

20 abril 2015

Please, don't stop the music #33

  Depois de muito tempo, sim, mais um PDSTM no ar!! Na verdade seguindo a mesma reta do #30, na playlist de hoje as músicas disponíveis são de rock e heavy metal, porque estes estilos não tem saído do meu celular nos últimos tempos. Não curte os gêneros? Sem problema, tem um "Som da Semana" atualizado e diferente bem ali na barra lateral! :)

Sem mais delongas, dê o play e relaxe baby!

18 abril 2015

Nova Programação Chá de Preguiça - Blog e Canal na reta!

Um projeto meu que já estava demorando pra ir para frente era sobre uma programação pro blog, e agora, canal(is) também. Já estava sentindo que tinha coisas fora do lugar, sem organização, e eu ficava perdida. Nos últimos dias reuni todas as categorias que já fiz post aqui no blog e os assuntos que já fiz vídeo lá no canal para montar, finalmente, uma programação. Segue os dias para você ver seu post favorito no ar!
 Basicamente, vai funcionar assim: Em determinado dia, 1 post sobre 1 assunto. Mas, para não ficar monótono e uma coisa repetitiva toda semana, no decorrer delas terá uma categoria diferente disponível para cada dia. Por exemplo, na segunda-feira temos as opções de post sobre Música, Pessoal e Beleza, então se nesta semana eu postar sobre música, semana que vem eu posso falar sobre algo pessoal, na seguinte sobre beleza, e assim vai (não necessariamente na ordem colocada na planilha). 
Para saber as tags (subcategorias) de cada tipo de post, é só acessar a página Programação, clicando aqui

  Sobre os canais (o secundário também conta!), eu ainda estou revendo cada conceito. Como meu tempo têm sido curto, não garanto exata certeza de que às terças e domingos gravarei algo, mas vou ir tentando. Para saber sobre o que falo (e pretendo falar) nos dois canais, também basta acessar a página Programação.

E aí, o que vocês acham? Tem sugestões para me ajudar a melhorar este nosso espacinho na web? Estou aberta a críticas e comentários!

Beijos, até breve! =D

14 abril 2015

Outono/Inverno 2015: Eu vou me jogar nos lenços, e você? #DicadeModa

   Talvez você ache que a moda dos lenços e echarpes já tenha passado, eu também achei um pouco, mas minha admiração por esta peça fala mais alto às vezes. É 1001 utilidades! Você pode usar no pescoço, na cabeça, amarrado na bolsa... enfim, é uma grande diversidade que eu acho que combina muito com essa época do ano, em que com dias frios não deixa os looks monótonos e mantém o conforto. Ah me julguem, mas aposto neste acessório sim!! <3

Dica rápida para estas estações que pedem ainda mais charme!! E vocês, o que acham? Qual a peça que é a cara deste Outono/Inverno?

Beijos, até breve! =D

13 abril 2015

Diário Pessoal: Sobre a nova escola - Ensino Médio, experiências, amizades...

Dia 2 de abril fez 2 meses que já estou no ensino médio. Alguns amigos meus que foram para outras escolas me deram boa sorte nesta nova etapa, pois eu "precisaria nesta nova escola" - talvez devido a incidentes que já aconteceram anos atrás, como brigas entre turmas e etc, que tornou a imagem de lá ruim, os fizeram ter esses comentários. Como eu era um pouco mais nova e não conhecia ninguém dessa escola, não tinha como tirar a dúvida se era realmente bagunçado assim ou não. E fico feliz em saber que eles estavam enganados. 

  A (talvez) primeira impressão de alguém que sai do fundamental pro médio, da municipal pra estadual (meu caso), é de que a moleza acabou e agora é pré-vida adulta, além de ter mais seriedade e atenção, afinal é depois daqui que a batalha por uma faculdade inicia. Já nos primeiros dias de aula eu senti a diferença de uma fase pra outra, a intensidade das (novas) matérias e a precisão de conhecimento.
  Logo no primeiro dia assistimos uma apresentação de boas-vindas da própria diretora e coordenação e dos professores, e fomos conhecendo o ambiente. E uma verdade que percebi é que os calouros são sempre alvo que algo, seja zoação, informação, conseguir dinheiro ou novas amizades. Os dois últimos eu já vivenciei e é até engraçado de lembrar. No fim, é tudo muito calmo.
Sobre a estrutura da escola, confesso que demorei pra acostumar. Minha antiga era bem maior, fechada e com mais salas, enquanto nessa são todas em um corredor com um grande pátio aberto na parte debaixo. Uma das coisas que mais gostei foi a existência de uma cantina além do refeitório (alma gorda ficou feliz <3 UAHSUAHSUA), e dos lanches de lá (pô, tem x-salada, é tentação!). Segue até uma foto da hora do intervalo, com participação de um pão já quase pela metade, hehe: 
Montagem com Snaps, porque não pode faltar! ( @Beaalcantarap )

  Em questões de amizade, não pensei que conheceria tanta gente legal! Sempre fui uma das mais quietas e mal conversava com outros colegas da sala, mas quando entrei lá foi tão instantâneo que nem percebi. Quando vi, já estava falando sobre diversos assuntos com uma galera carismática e diferente - um termo a mais que adorei. Todo mundo tinha um 'quê' a mais diferente do outro e isso tornou os dias por lá menos monótonos. Amigos da antiga escola também foram pra lá e alguns até caíram na minha sala (inclusive quem era da minha sala na outra escola!), então está sendo bem legal vivenciar este novo ciclo ao lado de pessoas novas e das que já estavam ao meu lado.
Espelho com água também é clássico, né?

Espero que este primeiro ano dê muita história pra contar lá na frente, pois tem muito caminho ainda e desejo boas lembranças desses tempos. E vocês? Ainda estudam, ou tem alguma experiência familiar que gostam de lembrar? :)

Beijos, até breve! =D

06 abril 2015

Unha da Semana: Brilhos azuis

Olhem só se não é a Dona Bea que está voltando com as Unhas da Semana?! SIIIIM! Eu acho :P heheh, enquanto organizava as novas programações do blog (logo disponíveis para vocês verem!), pensei mais sobre esta tag que estava abandonada na categoria Beleza a um tempão. "Por que não tentar postá-la de novo?" E cá estou eu hahahah

Lembrando que a ideia pra estes posts é que eles sejam simples e rápidos mas chamativos, usando cores de esmaltes/nail arts legais, e que não sejam obrigatórios - pois não posso me comprometer a pintar as unhas toda semana :P. O escolhido desta vez é o preto de sempre, mas que não ficou tão básico com o toque "de estrelas" que coloquei nele. Ainda mais como apenas detalhe na ponta das unhas, achei que ficou divertido!
O que vocês acham do retorno deste tipo de post? Gostariam de ver novamente por aqui?

Esmaltes usados:
- Black da Coloroma (cremoso)
- Glimmer da coleção Billiant Glam, Impala (brilhos especiais)

Tenha uma boa semana!
Beijos, até breve! =D

02 abril 2015

Diário Pessoal: Visita rápida às terras mineiras

Dia fechado pra uma vista aberta!

  O blog andou bem parado apesar dos meus avisos de atualização, eu sei, mas cá estou eu de novo. A Internet não quis colaborar aqui em casa e este post que eu gostaria de ter trago ao ar semana passada só está em mãos, para vocês, hoje. Peço perdão por isso, mas realmente está difícil conviver com tantos problemas imprevistos.

  Foi para descansar um pouco a cabeça destes tantos problemas que no domingo (22/03) eu e meus pais fomos para a casa de uma tia minha em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais. Uma cidadezinha beeeem interior mesmo, mas que eu me sinto em paz quando estou por lá. Foi onde meu pai nasceu e cresceu, e por isso sempre vamos dar uma volta quando possível.
Abaixo vocês podem ver algumas fotos que tiramos por lá:
Da sacada (com um jardinzinho do lado <3)

Se eu posso dizer algo sobre a categoria gordices/coisas saudáveis, eu digo que este é o refrigerante mais leve que já bebi!! É um refri de abacaxi (que de abacaxi só senti o cheiro), que quando você bebe mal sente seu gás. Sério, me apaixonei por esse trem <3 #Queromaisjá
Agora, sabem aquele tipo de foto "pessoa + mato", que normalmente mães e tias gostam de tirar? Minha mãe é super dessas UASHUASHAU Visitamos a catedral da cidade e na praça ao redor tinham algumas árvores e plantas, onde meus pais deram ideia de fazer foto. Se você tem uma fotografia com esse tipo de cenário, já deve esperar o que vem aí, né?
"- Pera aê, deixa eu levantar!"
"- Pai, olha pra cá!"
Coça cabeça e olha pra lente.
Direto do Snap! (Beaalcantarap) 
"Vai pra perto das planta que fica mais bonito! -Mãe"
"- Um minuto, a flor caiu do cabelo!!"
A gente sai de São Paulo, mas São Paulo não sai da gente UAHSUAHSUAH

  Naquele fim de semana tão simples, me senti revitalizada pra voltar à rotina no dia seguinte. Mas é que a verdade é essa, né? - Todos nós precisamos de um tempinho para nós mesmos longe de tudo. Passar este tempo com minha família foi bom pra mim, assim como respirar o ar de minas, comer pão de queijo e apreciar a vista de lá. E agradecer a Deus por estas oportunidades.
E você, qual é o seu refúgio no mundo? Em que lugar você se sente em plena paz?

Beijos, até breve! =D