31 agosto 2014

Diário Pessoal: Passeio para a Bienal do Livro

  Hey!! Como vão? Sim, finalmente estou postando as fotos que fiz lá na Bienal do Livro aqui de SP! \o/ Depois de um sábado cheio de problemas (novamente deu falta de internet aqui em casa), consegui terminar de editar e agora montar o post pra vocês. Peço desculpas, afinal eu disse que iria postar isso ontem, mas foi um imprevisto. Vocês me perdoam? <3 aushauhs

Bem, eu não vou ficar descrevendo cada detalhe de cada foto, afinal eu quero que este seja um post breve. 

(Na verdade eu queria ter gravado um vlog durante todo o passeio, mas como minha câmera era meio grande, o lugar era lotado, estou alterando meu canal no youtube [mais sobre isso num próximo post] e eu tenho certa vergonha hehe não foi possível. Quem sabe na próxima?!) 

 Começando desde a espera na escola, tínhamos de aguardar alguns minutos para que todos os alunos convocados chegassem para podermos partir. Foram cerca de 20 alunos ou mais (não lembro), logo o ônibus foi cheio. Nosso horário de saída da escola era às 13h, e chegamos na Bienal por volta das 13h50, porém tínhamos que aguardar até dar 15h (!!!) porque este era o nosso horário para entrar lá (#momentorevolts). Mas acho que entramos um pouco antes disso, pois não ficamos muito tempo do lado de fora.
Meus amigos e eu com a cara de doida (porém feliz!) um pouco antes de sairmos.


Meu querido amigo Wesley aproveitando o lanchinho que as professoras nos deram antes de sair aushaushauhs




 Agora imaginem: a guria chega e começa a pular internamente de alegria! AUSHAUSHAUH Gente, vocês não tem noção, eu tava morrendo de ansiedade de conhecer esse lugar, e logo que saímos do ônibus tivemos que aguardar em uma fila até entrar, o que me deixou ainda mais ansiosa. Foram uns minutos torturantes. 
 Ainda na fila nos entregaram o 'Cartão do Aluno', que era um vale de R$10 que a própria Bienal disponibilizou para todos os que foram acompanhados de escolas municipais/estaduais etc. para comprar qualquer livro neste mesmo valor.
O Cartão do Aluno (a imagem ficou embaçada pois não configurei a câmera direito T.T e apaguei os dados que apareciam por precaução, mesmo achando que foi desnecessário por ser pra pagar apenas 1 vez. Mas nunca se sabe, né?)
 Nossa professora/orientadora Adriana, Raiane e Nykole
 Apenas pirei ao ver essa 'parede' com as laterais dos livros da saga Bruxos e Bruxas <3 <3
 E não é que eu não queria sair dessa parte da Bienal? AUSHAUSHA gente eu sou meio que fã de Hora de Aventura, quando eu vi isso minha vontade foi de abraçar esse boneco do Finn e não soltar mais!! Hahahaha 
 Apenas morta de tristeza porque não consegui levar nenhum dos livros acima </3
 Ficamos na exposição desta editora durante um bom tempo, o que quase me fez levar uns 3 livros do Diário de um Banana. Só não levei porque cada um saía por R$34 (CREMDEUSPAI), e eu não estava brotando dinheiro no dia. Acabei levando nenhum, mas se eu pudesse voltava e levava um de cada! 
 ALGUÉM POR FAVOR ME DÁ O 'PROVA DE FOGO', POR DEUS IMPLORO UHAUSHAUS
 Destes mini-Livros, cada "bloquinho" saía por R$10 e continha 2 sobre assuntos diferentes. A vontade de levar um destes bateu mais forte e acabei levando sobre alimentação e moda (vocês verão a capa no final do post).
 O 'Tio Magrinho' (como o funcionário/orientador de lá queria que o chamássemos) estava fazendo uma brincadeira com alguns alunos enquanto outros terminavam de comprar seus livros. Era algo do tipo 'bater uma mão na outra trocano o símbolo que se fazia nelas'. Não sei explicar, mas foi uma boa maneira de passar o tempo e arrancar algumas gargalhadas do pessoal. E funcionou!
 Raiane, Nykole e eu com seus respectivos livros recém-comprados <3
 Raiane, Wesley e eu fazendo a mesma coisa novamente.

 E então veio a hora de ir embora, cerca de 17h ou 18h. Todos os alunos saíam em fila junto de seus professores para os ônibus de volta á escola. Uma coisa engraçada nesse pequeno trajeto foi que, quando passamos pelas lonas haviam alunos de uma outra escola do outro lado da fila, que estavam de mãos estendidas para que a gente batesse nelas. Alguns da minha turma deixaram eles no vácuo, mas eu entrei na zuera e bati, o que levou eles a rirem e deixar a sensação "fim triste de passeio" nem tão triste assim.
 Quando entramos no ônibus, foi nos dado caixinhas com um mini-lanche para que 'não fossemos embora com fome', afinal havia alunos que saíram de casa sem almoçar e/ou sem comer o lanche dado antes da visita. Um pessoal brincou que era um "Mc Donald's do Paraguai", mas no fim até que estava gostoso (pra mim qualquer coisa estaria gostoso naquela hora, pois eu era uma das que não almoçou nem comeu nada o dia todo T.T).
 E aqui estão os Livros que comprei: A menina que colecionava Borboletas (Bruna Vieira), Cidades de Papel (John Green) pra minha prima, e aqueles dois livrinhos que falei antes: o 50 Regras de Ouro para Aprimorar seu Estilo (Cristina Cordula) e 50 Regras de Ouro para Emagrecer (Dra. Florence Solsona).
 E este foi o meu Diário Pessoal sobre o passeio (ufa!), que para mim foi uma experiência incrível, e a realização de um desejo que já tinha a algum tempo. Talvez eu traga mais desse tipo de post pro blog, um pouco mais sobre experiência de vida e essas coisas... que tal? É só comentar o que acha da ideia!
E vocês? Também foram na 23° Bienal Internacional do Livro? Como foi?

Beijos, até breve! =D